Acompanhe as notícias deste Blog no seu e-mail

terça-feira, 4 de março de 2014

Carta aos militantes da FNTC e da Oposição Nacional Conlutas nos Correios

Carta aos militantes da FNTC e da Oposição Nacional Conlutas nos Correios

Companheiros e companheiras,

Com o objetivo de esclarecer a todos e todas sobre as polêmicas em relação à tática adotada por nós, da Oposição Alternativa Ecetista (CSP-Conlutas), na disputa eleitoral do SINTECT-DF, passamos a expor abaixo, na íntegra, o teor do Acordo para composição de chapa para concorrer às eleições sindicais entre os dois grupos de Oposição à direção do SINDECT-DF, a saber: o Movimento dos Trabalhadores dos Correios (MTC/CUT) e a Oposição Alternativa Ecetista (CSP-Conlutas), para composição de chapa unificada:

1-    A composição da Chapa será na proporção de 70% para o MTC e 30% para a Oposição Alternativa Ecetista (CSP-Conlutas). Este percentual será distribuído na proporção já acima definida, na distribuição dos cargos na Diretoria Executiva, no Conselho Fiscal e na Suplência da Diretoria Colegiada;

2-    Em relação aos diretores liberados com ônus para a ECT também será respeitado o mesmo percentual, conforme composição da chapa, ficando 03 (três) liberações para o MTC, mais 01 (uma) liberação a cada 06 (seis) meses do ano de mandato. A Oposição Alternativa Ecetista ficará com 01 (uma) liberação permanente e mais 01 (uma) liberação por seis meses a cada ano de mandato;

3-    Se a direção do sindicato optar por liberar mais diretores com ônus para o sindicato, será respeitada a mesma proporção percentual já definida na composição da chapa para tais liberações;

4-    A direção do SINTECT-DF funcionará de forma COLEGIADA, inclusive com a participação dos diretores suplentes, onde as deliberações da mesma deverão ser tomadas de forma colegiada, respeitando a maioria de votos nas deliberações;

5-    Fica já acordado que no prazo máximo de 01 (um) ano, se formos vitoriosos, iremos realizar um Congresso Extraordinário com delegados eleitos na base, para que possamos propor e defender a alteração do estatuto, no sentido de democratizar a entidade sindical;

6-    Neste sentido, iremos propor a volta do mandato da diretoria para 03 (três) anos, alteração do estatuto da entidade no que diz respeito à composição da Comissão Eleitoral, que hoje é indicada pela direção do sindicato. Neste sentido, iremos propor que a Comissão Eleitoral deverá ser eleita em assembleia da categoria, garantindo a proporcionalidade. Iremos propor, também, que os delegados sindicais possam ter mais voz ativa no sindicato, no sentido de estabelecermos garantias estatutárias para que os mesmos tenham os seus espaços democráticos garantidos, dando-lhes poderes de decisão;

7-    Fica acordado que o sindicato será independente da direção da ECT, bem como do governo e dos partidos políticos;

8-    Fica acordado que os candidatos da chapa que compõe a nossa chapa irão assumir compromissos de não assumir nenhum cargo de gestão na empresa, enquanto durar o seu mandato, se eleito for;

9-    Fica acordado que se a chapa for eleita, os diretores assumirão compromisso de defender que o sindicato não participará de nenhum processo de indicação de cargos na ECT;

10-  As partes respeitarão a participação dos companheiros e companheiras em suas entidades, principalmente nas Centrais Sindicais nas quais participem;

11-  Fica acordado que a principal luta que vamos organizar é a luta em defesa do nosso plano CorreiosSaúde;

12-  Nas decisões da Diretoria Colegiada, primeiro se procurará o acordo entre os participantes, antes de se levar as propostas a votação;

13-  A posição dos membros que compõem a chapa é de que nos posicionaremos contra a forma como está se dando as negociações na Mesa Nacional de Negociações Permanentes. Neste sentido, nossa posição é de respeitar a decisão do TST expressa no último julgamento do Dissídio Coletivo, quando tratou do assunto negociações coletivas.

Assim ficaram acordados os itens acima citados.

Por último, queremos reiterar que esta composição trata-se de uma tática flexível, mais adequada para o momento e que em nada compromete nenhum dos princípios programáticos da nossa central sindical, a CSP-Conlutas. E como tal, em nada limitará nossa independência politica ou organizativa e em nada limitará nossas possibilidades de críticas que serão as mais duras diante da primeira traição que a direção eleita possa vir a cometer.

No mais, diante de nossa autonomia política, esta foi a tática mais adequada e necessária que optamos, para derrotar uma direção autoritária e pelega, que não foi capaz de fazer o SINTECT-DF participar da greve nacional contra a Postal Saúde. 

Lembramos que Sindicato de Brasília é o maior que ainda está nas mãos da Articulação-PT, e uma derrota deles é uma grande derrota para a direção da ECT e o governo. Assim, reiteramos o pedido do voto de confiança e todas as formas de apoio das direções sindicais ligadas a Frente Nacional de Trabalhadores dos Correios (FNTC) e da Oposição Nacional da CSP-Conlutas nos Correios, para a CHAPA 2.
Saudações Socialistas,

Brasília/DF, 03 de março de 2014.
José Gonçalves de Almeida (Jacó)

Pela Oposição Alternativa Ecetista (CSP-Conlutas)

domingo, 8 de dezembro de 2013

Integrantes de comissão do Correios que apura fraude em plano de saúde da estatal têm ligação com investigados.


Integrantes de comissão do Correios que apura fraude em plano de saúde da estatal têm ligação com investigados

Sede dos Correios no Rio
Sede dos Correios no Rio Foto: Nina Lima / Extra


Mais de cinco meses após ter sido instaurada, a comissão responsável pela sindicância interna que apura irregularidades no plano de saúde do Correios ainda não chegou a conclusão alguma. Mas servidores da estatal apontam para ligações suspeitas entre funcionários do Departamento de Controle Disciplinar (Decod), que conduz a sindicância, e os investigados por fraudes em cirurgias pagas pela empresa.

De acordo com informações recebidas pelo Núcleo de Repressão a Crimes Postais, da Polícia Federal (PF), o chefe do Decod, Aristides dos Santos Andrade, teria sido indicado para a função por João Maurício Gomes da Silva, exonerado do cargo de assessor da direção regional do Correios no dia 28 de outubro, após ser indiciado por peculato (quando o funcionário público se apropria ou desvia dinheiro ou bem de que tem a posse em razão do cargo). Conhecido como Janjão, o carteiro e ex-sindicalista é acusado de fraudar o plano de saúde da empresa com a internação de sua mulher, dependente dele, que custou R$ 53 mil aos cofres públicos.

Outra funcionária que participa da sindicância no Decod, Simone Barboza Ramos, teve um relacionamento até pouco tempo com César Lobão da Silva, indiciado pela PF na sexta-feira, por formação de quadrilha, peculato e inserção de dados falsos em sistema de informações. Somadas, as penas podem chegar a 27 anos de prisão e multa.

Lobão, amigo pessoal de Janjão há 16 anos, é carteiro e, em outubro de 2012, foi nomeado pelo diretor regional do Correios, Omar de Assis Moreira, para a função de supervisor. Na gerência de Saúde, ele era responsável pelo setor de OPME (órteses, próteses e materiais especiais), equipamentos usados no esquema de fraudes que, segundo investigações da PF, teria desviado pelo menos R$ 15 milhões dos cofres da estatal.

Com a descoberta das irregularidades, Lobão perdeu o cargo, em maio. Mas, 16 dias depois, ganhou outro. Sem passar por recrutamento interno, foi nomeado coordenador de Unidade Operacional no Centro de Tratamento de Cartas da Cidade Nova.


Sem apoio da empresa
Após descobrir, esta semana, que a cirurgia de que precisa para voltar a mastigar teve seu pagamento autorizado pelo ex-gerente de Saúde do Correios, Marcos da Silva Esteves, e constava como realizada para a empresa, o funcionário da estatal Aluísio José Rodrigues segue em busca da operação, por conta própria.
A direção do Correios informou que sugeriu ao funcionário que ele buscasse uma segunda opinião profissional e avaliasse também as opções de locais onde podem ser realizados os procedimentos autorizados.

— Vou ter que procurar outro médico e recomeçar do zero todo o processo — lamentou Aluísio.

O Hospital Espanhol enviou ao Correios, em dezembro de 2012, conta hospitalar referente à cirurgia que não aconteceu no valor de R$ 502.543. Um funcionário da estatal estranhou e não fez o pagamento.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/integrantes-de-comissao-do-correios-que-apura-fraude-em-plano-de-saude-da-estatal-tem-ligacao-com-investigados-10987052.html#ixzz2mwOMHyPl

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

OPERADORA DE SAÚDE - "POSTAL SAÚDE".

DIREÇÃO DA EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS PASSA POR CIMA DA DECISÃO DO TST e BAIXA MEMORANDO PARA OPERACIONALIZAÇÃO IMEDIATA DA OPERADORA DE SAÚDE - "POSTAL SAÚDE". (Acesso para Download em https://www.facebook.com/groups/FORA.POSTALSAUDE/)

Neste próximo final de semana a FNTC se reúne para pautar este debate no sentido de prepararmos a categoria ecetista para lutar contra mais este ataque do governo Dilma.

E a FENTECT? Não fará nada? Continuará imobilizada?

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

ASSISTA A GRAVAÇÃO DO JULGAMENTO DO DISSÍDIO COLETIVO DOS CORREIOS

http://www.youtube.com/watch?v=uDPIq0pHlM4

DESAUTORIZAÇÃO DO DESCONTO ASSISTENCIAL AO SINTECT-RJ

TERMINA nesta 6ª FEIRA (11 de Outubro) o prazo para DESAUTORIZAÇÃO DO DESCONTO ASSISTENCIAL aprovado pela DIRETORIA DO SINTECT-RJ 

O REQUERIMENTO DE DESAUTORIZAÇÃO DO DESCONTO ASSISTENCIAL, CONFORME MODELO ABAIXO, DEVERÁ SER ASSINADO EM DUAS VIAS E ENTREGUE PESSOALMENTE NA SEDE DO SINDICATO OU PODERÁ SER ENCAMINHADO VIA POSTAL SOB CARTA REGISTRADA, DE PREFERENCIA COM A.R., para o seguinte endereço:
Ao SINTECT/RJ
Avenida Presidente Vargas, 502 – 14º andar.
Centro – Rio de Janeiro/RJ – CEP: 20071-000

PASSE ESTA INFORMAÇÃO PARA TODOS OS COLEGAS DE SEU SETOR DE TRABALHO E PARA TODOS OS SEUS CONTATOS DOS CORREIOS.

MODELO:

Rio de Janeiro/RJ, ____ de outubro de 2013.
Ao SINTECT/RJ
Av. Presidente Vargas, 502 – 14º andar.
Centro – Rio de Janeiro/RJ – CEP: 20071-000
Assunto: DESAUTORIZAÇÃO DO DESCONTO ASSISTENCIAL

Eu, _____________________, matrícula _______________, nos termos parágrafo primeiro da Cláusula 20 – DESCONTO ASSISTENCIAL do ACT vigente, venho desautorizar o SINTECT/RJ a promover o Desconto Assistencial conforme “aprovado” na assembleia realizada no dia 12 de setembro de 2013, sem que os trabalhadores presentes tivessem o direito de defender posição contrária, bem como pelo motivo da fraude no resultado da votação da assembleia realizada no dia seguinte.
Atenciosamente,


Assinatura: _______________________________
Nome: ___________________________________
Matrícula: ________________________________

terça-feira, 8 de outubro de 2013

TST: Um tribunal do capital a serviço dos patrões e dos governos

Companheiros e companheiras,

A audiência realizada hoje (08) no TST, acompanhada pela categoria ecetista em todo país pelo site do Tribunal Superior do Trabalho, foi determinante a unidade na luta dos trabalhadores em não se intimidar com a empresa, primeiro por ela ter cooptado os dirigentes sindicais dos dois principais sindicatos (Rio de Janeiro e São Paulo Metropolitana). A estratégia da ECT era que, não saindo para greve as maiores bases do Brasil, as demais não iriam se mobilizar. Enganou-se completamente e o que se viu foi uma greve geral, sem a participação de RJ e SPM.

Mais uma vez a empresa trata seus trabalhadores de forma desrespeitosa e truculenta. Fecha acordo com uma federação que não tinha e nem tem poder e está ilegal, agredindo o plano de saúde CorreiosSaúde. Os trabalhadores não desistiram e foram à luta, para vergonha da CTB/PCdoB/FINDECT.

Na audiência ficou determinado pelo TST que:

1-      Aumento de 8% sobre o salário;

2-      Aumento de 6,27% sobre os vales alimentação/refeição/cesta básica;

3-      Vale peru final do ano R$ 650,00;

4-   CorreiosSaúde continua sendo ÚNICO E EXCLUSIVAMENTE administrado pela ECT, sem alteração – da forma que reivindicamos;

5-    O pagamento dos dias de greve será feito em até 180 dias – de segunda a sexta – duas horas máxima/dia e caso a ECT convoque para trabalho nos fins de semana a mesma terá que realizar o pagamento do repouso conforme Acórdão do TST (100% do dia normal aos Sábados e 200% do dia aos Domingos);

6-      Pela hora de término da audiência, o TST determinou que as assembleias em todo Brasil para que voltem ao trabalho será feita no dia 09/10/2013 – com o retorno no dia 10/10/2013.

Os trabalhadores deliberaram por fazer nova assembleia na sede do SINTECT-PE às 14:00h dessa quarta-feira (08), onde teremos informes da federação e a minuta do acordo coletivo, para que seja decidido a volta às atividades no dia 10/10/2013, como determinou o TST. 

SINTECT-PE: INDEPENDENTE E PELA BASE!

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

PARTICIPE DA ENQUETE SOBRE A CONTRAPROPOSTA

Enquete sobre CONTRAPROPOSTA:

Você concorda que OS SINDICATOS DA FENTECT devam elaborar e apresentar imediatamente uma CONTRAPROPOSTA, para evitar que haja julgamento pelo TST? Desde de que essa CONTRAPROPOSTA seja colocada antes, de forma ampla e democrática aos trabalhadores e trabalhadoras ecetistas, para debates e aprovação em assembleias democráticas da categoria?

(   ) SIM.

(   ) NÃO.

PARTICIPE DA ENQUETE SOBRE A CONTRAPROPOSTA na página da FENTECT:
https://www.facebook.com/groups/FENTECT/



sexta-feira, 13 de setembro de 2013

MANTER A GREVE: A Nova Proposta da ECT ainda é ruim!

Nova Proposta da ECT ainda é ruim!

- 8% de reajuste linear
- Vale Extra em Dezembro
- 6,27% aplicado sobre todos os benefícios



A nossa greve acontece num momento muito especial da luta de classes, numa conjuntura bastante favorável a mobilização dos trabalhadores. O governo ainda encontra-se enfraquecido devido as fortes mobilizações populares da jornada de lutas de junho e julho, quando a juventude esteve à frente das lutas e vitórias.

Com apenas 10 sindicatos na greve nacional foi o suficiente para mudar a proposta inicial do governo. Mas, a nova proposta ainda é ruim. Se o governo apresentou essa, é porque pode dar mais. Estão em greve: RJ, SP, TO, RO, BRU, RS, PE, PB, VP e SJO. Isso demonstra que é possível arrancar mais.

Ainda faltam 25 sindicatos entrarem na greve. Todos filiados a FENTECT e a CUT. Se estes sindicatos entrarem na greve é possível fortalecer a greve, conquistar mais vitórias e fecharmos um bom acordo, evitando que a negociação vá para o TST.

Contra o Desconto e Compensação dos Dias Parados.
Não é hora da direção do sindicato fraquejar. Pois, não podemos sair desta greve sem a garantia de que não haverá descontos ou compensação dos dias parados. Estamos cansados de ser penalizado pelo governo e a direção da ECT que sempre nos persegue com retaliações após as greves.

Operadora Postal Saúde é armadilha
Outra armadilha embutida na nova proposta da ECT é a “manutenção da Assistência Médico/Hospitalar/ Odontológica nos termos da cláusula 11, constante do Acórdão vigente”. Pois, a nova operadora de planos de saúde POSTAL SAÚDE.

8% de reajuste é pouco. Temos que avançar mais e dizer NÃO a operadora Postal Saúde!

Nossa greve está no segundo dia e a força da nossa mobilização arrancou do governo 8%, logo no primeiro dia de greve. Isso demonstra que podemos arrancar muito mais. Pois, fica comprovado que o governo está acuado e com medo de nossa luta crescer mais. E ela mal começou!

Essa proposta guarda uma grande armadilha

A proposta diz que vai manter a cláusula 11 (convênio médico/hospitalar/odontológico) nos termos do Acórdão atual. Mas, o que os próprios representantes do governo dizem na mesa de negociação é que a Postal Saúde já é uma realidade, e que o início da gestão será dia 1º de dezembro desse ano. E o mais absurdo é que o CorreiosSaúde será uma das modalidades dentro do Postal Saúde, dentre outras tantas. Discute-se de que os trabalhadores que ingressarem na ECT a partir de agora terão acesso a um plano precarizado. Em longo prazo o objetivo será enquadrar nosso plano nas normas da ANS (tirar pai e mãe, aumentar o compartilhamento, cobrar mensalidade, etc).

Sendo assim, quem ganha mais terá condições de aderir a uma modalidade melhor, pois terá condições de pagar, enquanto que a maioria dos Ecetistas ficará em um plano precarizado. Atualmente qualquer reivindicação para melhorar o CorreiosSaúde teria que ser debatido com a direção da operadora Postal Saúde e não mais com a direção da ECT. O que demonstra que nosso plano atual, como conhecemos, deixará de existir, pois se trata de privatização!

A Postal Saúde foi criada de forma ilegal ferindo a decisão do Acórdão. Por isso, temos que acabar com esse fantasma que ronda nessa greve o nosso melhor benefício conquistado em duras greves na década de 80. Por isso, temos que rejeitar essa proposta ardilosa do governo!

A mobilização se fortalece

Ontem ingressaram em nossa greve ainda mais sindicatos: Vale do Paraíba, Pernambuco, Paraíba, São José do Rio Preto, que se somam ao Rio Grande do Sul, SP, RJ, TO, RO e Bauru. As direções ligadas FINDECT anteciparam seu calendário para buscar o isolamento da luta da categoria, para antes que o conjunto da categoria no país entrasse em greve, aprovassem uma proposta rebaixada. Além disso, poderão utilizar o TST para amedrontar os lutadores e aprovar a proposta. Por isso, antecipamos a greve também para não deixa-los como únicos interlocutores das negociações. Não devemos temê-los, mas apostar na força da categoria. 

Os trabalhadores de diversos estados também aderiram à greve, quebrando essa lógica e dando mais força à unificação que no início da semana que vem será atingida.


Assim, o dia de hoje é tão importante, porque as direções dos sindicatos ligados à FINDECT poderão buscar aprovar essa proposta rebaixada para terminar com a greve, antes que os outros sindicatos iniciem sua greve até o dia 17. Por isso devemos rejeitar a proposta, manter e fortalecer a greve para conquistarmos a unificação nacional da categoria e mais vitórias.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

NOVA CONTRAPROPOSTA DA ECT, AINDA É POUCO!

NOVA CONTRAPROPOSTA DA ECT, AINDA É POUCO!

- 8% DE REAJUSTE LINEAR;
- 6,27% DE REAJUSTE APLICADO SOBRE TODOS OS BENEFÍCIOS;

Esta "nova" proposta da ECT ainda é baixa. É possível arrancar mais! Pois a apresentação desta "nova" proposta só foi possível porque 10 sindicatos anteciparam a data da greve: SINTECT´S em greve: SP; RJ; TO; RS; BRU; RO; VP; PE; PB;  e SJO. 
IMAGINEM SE OS DEMAIS SINDICATOS DA FENTECT TAMBÉM JÁ TIVESSEM ENTRADO NA GREVE NACIONAL???

É POSSÍVEL CONQUISTAR MAIS!
VAMOS MANTER E AMPLIAR A GREVE, EXIGINDO QUE OS DEMAIS SINDICATOS DA FENTECT ENTREM NA GREVE IMEDIATAMENTE!

TODOS A PASSEATA, às 15 horas na Candelária.
ASSEMBLEIA, logo após a passeata, na CINELÂNDIA.


quarta-feira, 11 de setembro de 2013

COMEÇOU A GREVE NACIONAL NOS CORREIOS. SÓ FALTA A FENTECT ENTRAR NA GREVE

COMEÇOU A GREVE NACIONAL NOS CORREIOS. 
SÓ FALTA A FENTECT ENTRAR NA GREVE!!!

Ontem (11/09) Aqui no Rio de janeiro, foram 1.200 trabalhadores votando ao final da assembleia. Por expressa maioria votou a greve por tempo indeterminado a partir de 22:00h. Hoje (12/09) haverá nova assembleia geral, às 10:00h, NOS CORREIOS DE  BENFICA. Rua Leopoldo Bulhões, 530 - Benfica.

A FENTECT JÁ ESTÁ DERROTADA NA SUA POLITICA ERRÁTICA DE ASSEMBLEIA DO DIA 17.

SALVO ENGANO, JÁ SÃO 6 SINDICATOS EM GREVE: SP, RJ, ES, BAURU, RO e RS.
HOJE (12/09) ENTRAM NA GREVE: PE, PB, VP E SJO (FNTC).

Vamos pressionar as direções dos sindicatos cutistas da FENTECT, para que também antecipem a data de entrada na GREVE NACIONAL UNIFICADA POR TEMPO INDETERMINADO!

DIVISÃO É COISA DE PATRÃO!

FOTOS: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=509915842427785&set=a.509915062427863.1073741834.301142226638482&type=1&theater

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

TAMBÉM QUERO ADICIONAL DE MERCADO DE R$ 1.942,00

"DIFERENCIAL DE MERCADO": Uma piada ou uma afronta?

Enquanto muitos carteiros, OTTs e demais trabalhadores ganham só R$ 17,00 (dezessete reais), alguns gestores ganham até R$ 1.942,00 (Mil, novecentos e quarenta e dois reais).

Confira na tabela no link abaixo, faça download, imprima e distribua em seu local de trabalho.


quinta-feira, 5 de setembro de 2013

UNIFICAR A GREVE EM NÍVEL NACIONAL NO DIA 11. DEFENDER E FORTALECER NOSSO ATUAL PLANO DE SAÚDE, para derrotar proposta absurda do governo Dilma!

Fortalecer a luta para derrotar proposta absurda do governo

No dia 03/09 aconteceu a reunião entre o Comando de Negociações dos Trabalhadores e a Comissão da ECT. Os representantes dos Correios apresentaram a seguinte proposta para assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho - 2013/2014:

1) Manutenção de todos os benefícios constantes do Acordão vigente;

2) Manutenção da Assistência Médico/Hospitalar/Odontológica nos termos da cláusula 11.

3) Reajuste de 5,27% aplicado sobre os salários e benefícios conforme abaixo:

4) Vale Extra a ser concedido em dezembro/2013 para os empregados admitidos até 31/07/2013.

Item
De (R$)
De (R$)
Vale I (Alimentação/Refeição)
26,62
28,02
Vale Alimentação II (Cesta)
149,15
157,01
Reembolso Creche/Babá
409,97
431,58
Auxilio para Dependentes de Cuidados Especiais
651,00
685,31

Em relação às cláusulas sociais a ECT se negou a negociá-las, sequer respondeu as quatro cláusulas debatidas anteriormente e que ficaram de apresentar proposta à categoria.

A proposta em seu conjunto é uma afronta a necessidade da categoria, onde os ecetistas recebem o pior salário entre todas as estatais, amargando quase 40% de perdas históricas dede o início do Plano Real. Essa proposta nem ao menos contempla a inflação do período estimado em 6,27%, de julho de 2012 a julho de 2013 segundo o IPCA (índice utilizado como parâmetro pela ECT). O que demonstra que o governo quer nos impôr uma perda de um 1% aos nossos salários, em uma conjuntura onde a inflação já preocupa até mesmo o governo, e principalmente nossos bolsos.   

O discurso de que a ECT não tem dinheiro suficiente para pagar nossas reivindicações é pura invenção, visto que o governo tem economizado muito com a diminuição do efetivo, do aumento da sobrecarga e da falta de condições de trabalho.

Defender e fortalecer nosso atual plano de saúde. FORA POSTAL SAÚDE 

Sobre a questão do convênio médico, nesta a ECT diz manter, nos mesmos moldes para tentar enganar a categoria, pois quer impor a Operadora Postal Saúde. A Postal Saúde é uma Caixa de Administração de convênios entre eles poderá estar o CorreiosSaúde, nosso plano atual. Com isso, a administração do CorreiosSaúde passaria para a Operadora Postal Saúde e com isso terceiriza a administração do plano para poder sucateá-lo e assim forçar os trabalhadores dos Correios a migrarem para outra modalidade de plano. Por isso, temos que exigir da direção da ECT o fim da Postal Saúde. Este deve ser o centro da nossa campanha salarial!

Os Governos Lula e Dilma atacaram os trabalhadores Ecetistas com o PCCS 2008 e o POSTALPREV. Agora, seguindo a mesma lógica, quer sucatear o nosso plano de saúde. O sucateamento será tanto que os trabalhadores serão obrigados a mudar de modalidade de plano, tendo que pagar mensalidades, restrição para realização de exames e inclusão de dependentes (pais). Além disso, os planos de saúde que serão administrados pela Postal Saúde serão vendidos pelos trabalhadores dos Correios, gerando mais sobrecarga de serviço. 

Unificara a greve em nível nacional.

Por outro lado, para garantirmos vitórias à nossa categoria, precisamos unificar a greve. Pois assim, teremos maiores chances de impedir este ataque do governo Dilma. Os 35 sindicatos precisam unificar a greve, é preciso colocar a frente os interesses da categoria para que a campanha salarial seja vitoriosa.

As assembleias que serão realizadas esta semana pelos sindicatos devem REJEITAR a proposta da ECT e aprovar o Estado de Greve. Além disso, é necessário que os sindicatos marquem Assembleia Extra para os dias 10 ou 11/09, para avaliarmos a campanha salarial e definirmos se entramos em greve, caso algum sindicato tenha aderido ao movimento.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Direção dos Correios apresenta sua primeira proposta financeira para os trabalhadores da ECT

A direção dos Correios apresentou sua primeira proposta financeira para os trabalhadores da ECT, em reunião neste dia 03/09.

Resumo da proposta:

-Reajuste Salarial abaixo da inflação do período: 5.27%
-Ticket Alimentação: de R$ 26,62 vai para R$ 28,02
-Ticket Cesta: de R$ 149,15 vai para R$ 157,01
-Talão de Ticket Extra para Dezembro (apelidado de Vale Peru) para quem foi admitido até 31/07/2013, no valor de R$ 644,46
-Reembolso Creche: de R$409,97 vai para R$ 431,58
-Auxílio Filhos Cuidados Especiais.: R$ 651,00 vai para R$ 681,31.
-Manutenção das demais cláusulas do Acordão 2012/2013.

A próxima reunião dia será no 10/09- 14:30h.

Avaliamos que a proposta apresentada pelo Governo Dilma ainda está muito aquém das necessidades e expectativas dos trabalhadores. Desta forma, temos que lotar as assembleias para aprovarmos o Estado de Greve e a PARALISAÇÃO NACIONAL E UNIFICADA NO DIA 11 DE SETEMBRO, darmos uma resposta a altura a nefasta política econômica do Governo Dilma e seus capachos na direção dos Correios, que não quer discutir o fim da Operadora de Planos de Saúde (POSTAL SAÚDE), o maior ataque ao nosso benefício de Assistência Médica Hospitalar e Odontológica.

TODOS AS ASSEMBLEIAS PARA APROVARMOS A PARALISAÇÃO NACIONAL E UNIFICADA NO DIA 11 DE SETEMBRO, JUNTOS COM BANCÁRIOS, PETROLEIROS E METALÚRGICOS.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DA POSTAL SAÚDE - FÁBIO SOUZA DE OLIVEIRA (Primeiro à esquerda na foto) e alguns militantes da FENTECT, EM ENCONTRO COM DIRETORES REGIONAIS PETISTAS NOS CORREIOS.

DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DA POSTAL SAÚDE - FÁBIO SOUZA DE OLIVEIRA (Primeiro à esquerda na foto) e alguns militantes da FENTECT, EM ENCONTRO COM DIRETORES REGIONAIS PETISTAS NOS CORREIOS. REUNIRAM-SE EM SÃO PAULO, NO SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE SOROCABA (CUT), PARA PREPARAREM O DESMONTE DA NOSSA CAMPANHA SALARIAL em curso.

Estiveram presentes, além dos DRs, vários gerentes e chefões dos Correios. Também participaram vários sindicalistas petistas de base dos Correios que estarão em nossas próximas assembleias já orientados pela direção da Empresa. OLHEM BEM PARA CADA FOTO

Perguntamos: Estarão de qual lado os sindicalistas petistas e cutistas?
- Ao do lado dos trabalhadores que esperam a anistia ou ao lado da Dilma que vetou a anistia aos trabalhadores perseguidos por participação em greves?
- Ao lado dos trabalhadores doentes e acidentados que necessitam da assistência médica, hospitalar e odontológica ou ao lado da direção da ECT e do governo Dilma que quer privatizaram nosso CorreiosSaúde com a Postal Saúde?
- Ao lado dos trabalhadores dos Correios que estão sendo descontados mais 3.94% dos salários para cobris os rombos do Postalis ou ao lado da direção da ECT e do governo Dilma que botou 900 milhões de reais no Grupo OGX do Eike Batista?

EM DEFESA DO CORREIOS SAÚDE, DO POSTALIS E DA ANISTIA ESTAREMOS EM UNIDADE DE AÇÃO COM TODOS OS LUTADORES ANTI-GOVERNISTAS NOS CORREIOS.

FORA CHEFES, PATRÕES E SEUS PUXA-SACOS!

POR UMA CAMPANHA SALARIAL DE LUTA ORGANIZADA NA BASE DE CADA LOCAL DE TRABALHO!
https://www.facebook.com/nucleobase.correios/media_set?set=a.398900746881817.1073741830.100002856859125&type=1

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

30 de agosto: os bancários vão parar e convocam todos para o Dia Nacional de Greve

http://cspconlutas.org.br/2013/08/os-bancarios-vao-parar-no-dia-30-de-agosto/

30 de agosto: os bancários vão parar e convocam todos para o Dia Nacional de Greve

08/08/2013

 0

A Conferência Nacional dos Bancários realizada em julho já aprovou que a categoria vai cruzar os braços dia 30, juntando-se ao chamado unitário das centrais sindicais para uma paralisação geral em todo o país.

Além das reivindicações gerais das centrais – que abarcam melhorias no transporte público, 10% do PIB para a educação, 10% do orçamento para a saúde pública, fim dos leilões do petróleo e do fator previdenciário, entre outras – os bancários trazem suas pautas específicas. O dia 30 de agosto aparece como data estratégica na antecipação da campanha salarial da categoria.

Confira abaixo o jornal do Movimento Nacional de Oposição Bancária (MNOB).

Clique aqui para baixá-lo em PDF.



Não há Notícias Relacionadas

- See more at: http://cspconlutas.org.br/2013/08/os-bancarios-vao-parar-no-dia-30-de-agosto/#sthash.sCcuylmI.dpuf