Acompanhe as notícias deste Blog no seu e-mail

terça-feira, 8 de outubro de 2013

TST: Um tribunal do capital a serviço dos patrões e dos governos

Companheiros e companheiras,

A audiência realizada hoje (08) no TST, acompanhada pela categoria ecetista em todo país pelo site do Tribunal Superior do Trabalho, foi determinante a unidade na luta dos trabalhadores em não se intimidar com a empresa, primeiro por ela ter cooptado os dirigentes sindicais dos dois principais sindicatos (Rio de Janeiro e São Paulo Metropolitana). A estratégia da ECT era que, não saindo para greve as maiores bases do Brasil, as demais não iriam se mobilizar. Enganou-se completamente e o que se viu foi uma greve geral, sem a participação de RJ e SPM.

Mais uma vez a empresa trata seus trabalhadores de forma desrespeitosa e truculenta. Fecha acordo com uma federação que não tinha e nem tem poder e está ilegal, agredindo o plano de saúde CorreiosSaúde. Os trabalhadores não desistiram e foram à luta, para vergonha da CTB/PCdoB/FINDECT.

Na audiência ficou determinado pelo TST que:

1-      Aumento de 8% sobre o salário;

2-      Aumento de 6,27% sobre os vales alimentação/refeição/cesta básica;

3-      Vale peru final do ano R$ 650,00;

4-   CorreiosSaúde continua sendo ÚNICO E EXCLUSIVAMENTE administrado pela ECT, sem alteração – da forma que reivindicamos;

5-    O pagamento dos dias de greve será feito em até 180 dias – de segunda a sexta – duas horas máxima/dia e caso a ECT convoque para trabalho nos fins de semana a mesma terá que realizar o pagamento do repouso conforme Acórdão do TST (100% do dia normal aos Sábados e 200% do dia aos Domingos);

6-      Pela hora de término da audiência, o TST determinou que as assembleias em todo Brasil para que voltem ao trabalho será feita no dia 09/10/2013 – com o retorno no dia 10/10/2013.

Os trabalhadores deliberaram por fazer nova assembleia na sede do SINTECT-PE às 14:00h dessa quarta-feira (08), onde teremos informes da federação e a minuta do acordo coletivo, para que seja decidido a volta às atividades no dia 10/10/2013, como determinou o TST. 

SINTECT-PE: INDEPENDENTE E PELA BASE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário